Treinamento e Consultoria personalizada para o pet e seu dono. Cursos, palestras e atendimento psicoterapêutico.

Massagem em seu cãozinho

Massagem é sempre bem vinda né?

Mais  um agrado para o seu pet. Uma forma de demonstrar carinho, atenção e deixá-lo relaxado após um dia de atividades.

E você, já massageou seu pet hoje? :)



Para os donos de Pets um aviso: Observem o comportamento do seu cão. Muitas vezes ele pode indicar uma doença séria. Saiba mais no artigo a seguir:

Se o teu cachorro ou gato pressionar a cabeça contra a parede ou qualquer superfície dura, não divulgue nas redes sociais fazendo piadinhas, CORRA PARA O VETERINÁRIO.




Esse comportamento raro é conhecido por Síndrome de Pressionamento da Cabeça, um assunto muito mais sério, sinal de que algo está muito errado.
Segundo o Dr. Kim Smyth, veterinário do site Petplan Pet Insurance, isso pode significar várias doenças graves, como a hepática, em que o fígado não remove as toxinas do sangue, acumula substâncias como amônia e acaba causando tal síndrome, consequentemente danos neurológicos que alteram o comportamento, por isso os animais pressionam a cabeça.
Outras condições que podem causar a síndrome são: hidrocefalia (água no cérebro), tumores cerebrais, acidentes vasculares, traumatismo craniano, meningite, encefalite. Qualquer tipo de trauma, ou doença hereditária, pode resultar no problema, sendo que nesse último caso os veterinários recomendam que não seja feita procriação de filhotes a partir de algum animal diagnosticado.


Outros sintomas também devem ser percebidos, sendo eles principalmente de doenças hepáticas, como: perda de peso, aumento da urina, icterícia (amarelamento da pate branca dos olhos e gengiva), aumento da ingestão de água, reflexos irregulares, andar em círculos e outros.
O problema não está no ato de pressionar a cabeça e sim no que isso pode indicar, então é importante manter o seu amigo com as vacinas em dia e caso isso aconteça, leve-o imediatamente a um veterinário, é serio! Isso pode salvar a vida do seu amiguinho.

Fonte: http://sossolteiros.bol.uol.com.br/se-um-animal-fizer-isso-leve-o-imediatamente-ao-veterinario/

Prefiro bicho do que gente. Será?

Você prefere cachorro do que gente?

Psicologia Canina Prefiro bicho do gente


Será que de fato algumas  pessoas preferem a convivência estrita e unicamente com o cães em detrimento do convívio com humanos?

Vivemos em meio a uma infinidade de crenças, valores, paradigmas culturais, sociais e políticos. E assim moldamos nossa própria visão de mundo e aquilo que valorizamos, que consentimos, o que queremos que faça parte de nossa bagagem existencial. O ser humano é bio-psico-social, ou seja, sua biologia (estrutura e funcionamento do corpo), seus aspectos psicológicos (pensamento e comportamento) e necessidades sociais (interação, sociabilização) permeiam nossa vida e influenciam nossas decisões.  Tais características regem nosso modo de viver, pensar e ver o mundo de maneiras muito peculiares. As emoções estão presentes em todos os tipos de relações humanas, no que tange falarmos sobre a relação entre o humano e o cachorro, que nos últimos anos ganhou certa notoriedade.

Há aqueles que morreriam por seus cães, assim como aqueles que não fazem questão alguma de tê-los por perto, o que representa uma condição natural de escolha e preferências de cada indivíduo. Levando em conta o furor e até mesmo certo espanto para com as pessoas que afirmam abertamente preferirem cachorro do que gente, muitos sentem-se incomodados e admirados por alguém explanar tal opinião, como se tal afirmação fosse um atestado de desprezo e indiferença com as demais pessoas, como se somente o cão fosse dotado de características honráveis e admiráveis. Tal afirmação não significa exatamente que a pessoa quer a estrita companhia dos cães, até porque desconheço qualquer história de um ser humano que tenha abdicado totalmente de sua vida em sociedade para viver com os cães, logo podemos perceber que o significado da frase não seria bem este, o de excluir-se do convívio social para viver com os cães. Então...o que as pessoas querem dizer quando proclamam esse pensamento?

Preferir cachorro do que gente, está intimamente ligado ao senso daquilo que é admirável e esperado pelas pessoas, tais características são as que os cães apresentam de maneira muito espontânea e simples,o carinho, atenção, lealdade, proteção são aspectos que buscamos e que, nem sempre encontramos nas pessoas, porém em um cão nos deparamos com isso sem promenores. O cão simboliza aquilo que admiramos, que consideramos significativo nas relações, o singelo, o despretensioso, o estimado, o amistoso, o cativante, o atencioso, o amável, tudo aquilo que faz parte de nós seres humanos, mas que nem todos desenvolveram ou sabem como demonstrá-los, tais atributos se fazem vigentes em nossos amigos de quatro patas logo no primeiro contato e isso faz com que os admiremos ainda mais. A preferência por cães ao invés de humanos, não deve ser entendido de maneira literal, mas figurada, no sentido de que é preferível os cães ao ter que dispor de conviver com pessoas que não possuem nada admirável dentro do conceito de cada um, que agem com más intenções, que são egoístas, ou que causam sofrimento de maneira intencional, por isso faz-se tantas comparações de pessoas que não são dotadas de sentimentos bons, já os cães, o demonstram ao menor sinal de interação com outrem. Olhando por esse prisma, o cão apresenta muitas qualidades que perecem em algumas pessoas. E por essas e outras, que muitas pessoas insistem em dizer que preferem cachorro do que gente, preferem desfrutar da companhia deles do que da de pessoas que não possuem aspectos dos quais se valoriza. Mas..há aquelas pessoas que realmente não gostam de pessoas e por isso se apegam aos cachorros ou outros animais, tendo o menor convívio possível com outras pessoas? Sim, tem. Mas isso seria assunto para outro texto não acham?

Finalizo essa reflexão com a frase de nossa belíssima Brigitte Bardot (que fundou uma instituição de proteção aos animais em 1986):

"Quando se é capaz de lutar pelos animais, também se é capaz de lutar por crianças ou idosos. Não há bons ou maus combates, existe somente o horror ao sofrimento aplicados aos mais fracos, que não podem se defender."

Bardot em Búzios, na década de 70

                                                                                                                            Por Vanessa Buck



Vet show


Agora, o Tatuapé e região podem contar com a estrutura de um Hospital Veterinário 24 horas, Pet Shop, Banho, Tosa e Hotelzinho com instalações modernas e adequadas. Seguindo os padrões da vigilância sanitária em seus detalhes, a VET-Show Gold oferece serviços especializados prestados por profissionais altamente qualificados.


Clínica Veterinária 24 horas Vet Show Gold
Após aproximadamente 15 anos atuando na área de clínica e cirurgia de pequenos animais, o Dr. Adriano Romera Basta, reuniu uma equipe de profissionais que trabalham e se dedicam 24 horas em sistema de rodízio, idealizando a qualidade de vida do seu pet.
Sempre buscando o que há de melhor em tratamentos eficazes, diagnósticos modernos e equipamentos de alta tecnologia, a clínica apresenta um padrão diferenciado de internação geral, Intensiva (U.T.I) e de Isolamento atingindo resultados significativos.



vetshowgold
Em sede própria com uma área 200 metros quadrados e três pavimentos, você e seu pet podem contar com estacionamento próprio e conveniado, sala de recepção, boutique, farmácia veterinária, ampla sala de espera, duas salas de atendimento para consultas gerais e especializadas, vacinas, curativos, entre outros.

Acreditamos que a relação econômico/financeira que estabelecemos com nossos clientes é mera consequência dos serviços de qualidade, da atenção e carinho dedicado aos animais em tempo integral.